Jaraguari MS Notícias (Blog N. 327 do Painel do Coronel Paim) - Parceria: Jornal O Porta-Voz

terça-feira, 10 de junho de 2008

Economia brasileira cresce 5,8% no 1º trimestre sobre um ano antes, diz IBGE

Da Redação
Em São Paulo
(Texto atualizado às 10h02)

A economia brasileira cresceu 5,8% no primeiro trimestre deste ano em relação a igual período do ano passado, anunciou nesta terça-feira o IBGE (Instituto brasileiro de Geografia e Estatística). Em comparação com o último trimestre de 2007, a expansão foi de 0,7%. Em todo o ano passado, houve elevação de 5,4% (veja gráfico no final deste texto).

O que é PIB e como é calculado
BC americano deveria se inspirar no brasileiro, diz 'Le Monde'

Nos três primeiros meses de 2008, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil somou R$ 665 bilhões. Nos 12 meses encerrados em março, o crescimento foi de 5,8%. De outubro a dezembro de 2007, a alta foi de 6,2% sobre um ano antes.

Considerando todo o ano de 2008, a previsão de analistas de mercado é que a economia do país tenha um crescimento de 4,77%, segundo a mais recente pesquisa feita pelo Banco Central com cerca de cem instituições financeiras.

Investimento salta 15,2%
Os números do PIB divulgados nesta terça-feira são marcados pelo forte crescimento do item chamado "formação bruta de capital fixo", que indica as despesas do país com investimentos.

O item registrou expansão de 15,2% no primeiro trimestre em comparação com o intervalo de janeiro a março do ano passado. O aumento da produção e da importação de máquinas e equipamentos explica esse resultado, segundo o IBGE.

O ramo da construção civil, em particular, teve o expressivo crescimento de 8,8% e contribuiu fortemente para o desempenho positivo do indicador de investimentos, de acordo com a pesquisa.

Exportação inverte rumo e cai
O desempenho das exportações de bens e serviços inverteu o rumo verificado em pesquisas anteriores e registrou queda de 2,1% no primeiro trimestre em relação ao intervalo equivalente do ano passado.

As importações de bens e serviços, diferentemente, apresentaram elevação de 18,9%. Nessa base de comparação (trimestre de determinado ano com o seu equivalente do ano anterior), as importações crescem ininterruptamente desde o quarto trimestre de 2003.

Consumo cresce pela 18ª vez seguida
O consumo das famílias cresceu 6,6% no primeiro trimestre em relação a igual período de 2007. Foi a 18ª vez seguida em que esse item apresentou expansão, na comparação entre um trimestre e seu equivalente do ano anterior.

O motivo do crescimento foi a elevação da massa salarial dos trabalhadores e o aumento, em termos nominais (sem descontar a inflação), dos empréstimos de bancos para as pessoas físicas (operações de crédito do sistema financeiro com recursos livres).

Os gastos do setor público com consumo cresceram 5,8% no primeiro trimestre sobre o mesmo período de 2007.

Uol Notícias